Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Educação Ambiental no Billabong Pro Santa Catarina (WCT 2010)

Publicado em 27/04/2010 às 00:00 - Atualizado em 20/12/2016 às 13:44

Mesmo com o mau tempo e sem estar acontecendo o campeonato, a cidade do Surf ficou, durante todo o dia desta segunda feira (26), repleta de estudantes das 8ª séries das Escolas Municipais integrantes do Projeto de Educação Ambiental realizado através da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Ambiental (SEBURB) em parceria com a Secretaria de Educação Cultura e Esporte (SEDUCE).

Dentre as atrações, que vem acontecendo desde o primeiro dia do evento, alunos e visitantes divertem-se com a oficina da “Teia da Vida”, Cálculo da Pegada Ecológica e uma ação voltada aos alunos da Escola Girassol de Imbituba (APAE), “Brincando de Ecossistema”.

De acordo com o Biólogo e Fiscal Ambiental da SEDURB Wagner de Amorim o projeto de Educação Ambiental tem adesão espontânea e direcionada. “Nosso objetivo é fornecer o conhecimento ambiental aos alunos e as pessoas que estiverem visitando a cidade para que haja a mudança de postura e entendimento com relação ao meio ambiente”, destaca.

Durante as atividades os alunos da 8ª série da Escola Municipal Basileu José da Silva participaram de uma palestra com o campeão mundial de Surf Teco Padaratz que explanou toda sua trajetória no surf e as dificuldades que enfrentou quando decidiu optar pela profissão. “Para escolhermos uma profissão que represente o que realmente queremos, temos que ter sabedoria, inteligência e poder além de também analisarmos o que queremos, só assim teremos sucesso seja no que for”, alerta.

Interessados os alunos questionaram a participação do surfista nos campeonatos e a sensação de estar, muitas vezes, competindo com campeões mundiais e viajar por todo mundo atrás das melhores ondas. “Vivi intensamente cada fase da minha vida, muitos momentos de alegrias conquistando títulos que no início de minha carreira jamais imaginava. É uma experiência única, inexplicável”, ressalta.

A aluna Marcela Rocher Pires conta que não imaginava passar por momentos tão especiais ao lado de um ídolo do esporte. “Foi uma experiência totalmente nova, ele é muito simpático e sabe muito bem nos passar sua história de vida ligada ao surf”, comenta.

Durante a semana as atrações estarão abertas aos alunos das escolas municipais e demais participantes conforme calendário formulado pela SEDURB.