---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

Seinfra
Obra concluída

Publicado em 20/02/2020 às 20:24 - Atualizado em 20/02/2020 às 20:24


Créditos: Israel Costa / ASCOM / PMI Baixar Imagem

Trânsito sobre a Ponte de Ibiraquera

será liberado nesta sexta-feira (21)

 

Imbituba

 

Depois de um ano e dois meses com o trânsito sendo desviado por uma ponte flutuante sobre o canal de Ibiraquera, nesta sexta-feira (21), o tráfego na Ponte Roberto Teixeira de Souza será restabelecido. A data marca o início do Carnaval e o aumento no fluxo de turistas em Imbituba.

 

Foram sete meses de obra até que a Ponte Roberto Teixeira de Souza estivesse apta a receber o tráfego de veículos novamente. A estrutura recuperada dá acesso aos balneários de Ibiraquera e Praia do Rosa, que são muito procurados pelos turistas nessa época do ano.

 

Nesta quinta-feira (20), o Prefeito de Imbituba, Rosenvaldo da Silva Júnior, e o Secretário de Infraestrutura e Saneamento, Gilberto Pereira, estiveram vistoriando o local e confirmaram a liberação do trânsito, que irá desafogar tráfego, principalmente, nos dias de folia.

 

A abertura da ponte está prevista para às 14 horas desta sexta-feira (21). Mas, ainda durante a manhã, a equipe da Superintendência Municipal de Trânsito fará a pintura do acesso e a colocação de placas de orientação para motoristas e pedestres.

 

“A partir desta sexta-feira o trânsito estará, definitivamente, liberado. Essa é uma grande notícia para toda a região norte de nosso município. Como o tráfego será aberto em um dia de grande movimento, pedimos que todos os motoristas mantenham a prudência ao acessar o local”, enfatizou o prefeito Rosenvaldo.

 

A Ponte Roberto Teixeira de Souza, em Ibiraquera, foi interditada em 02 de outubro de 2018, por conta de uma fissura que comprometeu a estrutura. Dois meses depois, a prefeitura contratou a instalação de uma ponte flutuante no local, para garantir o tráfego durante a temporada de verão.

 

Na recuperação da estrutura foi aplicado R$ 1.125.629,20. O investimento saiu, exclusivamente, dos cofres da Prefeitura de Imbituba. Da ponte antiga, apenas a fundação e os pilares de sustentação foram reaproveitados. O restante foi demolido e reconstruído por duas empresas que venceram o processo licitatório (Trilha Engenharia/Florianópolis e Araújo Construções Eireli/Criciúma).


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar