Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

Vigilância Sanitária
Adoção

Publicado em 05/07/2018 às 15:51 - Atualizado em 05/07/2018 às 15:51


Créditos: Divulgação / ASCOM / PMI Baixar Imagem

Cães de rua aguardam por um lar em Imbituba

 

 Imbituba

 

19 cães de rua estão na fila de espera para serem adotados em Imbituba. Do animais, 10 já foram castrados, e o restante, ainda passará pelo procedimento cirúrgico. Além da castração, todos foram vacinados contra 9 doenças, entre elas a raiva, e receberam remédio de vermes.

 

“Precisamos divulgar ao máximo, pois queremos encontrar uma lar para esses cães. Eles precisam de amor e carinho. Os animais não são filhotes, têm entre 1 e 5 anos, mas são dóceis. Além da castração, das vacinas e dos vermífugos, nós tratamos os animais contra pulgas e carrapatos”, informou a Médica Veterinária da Vigilância Sanitária do município, Ana Lídia Laureano.

 

Adoção responsável

 

De acordo com a Diretora da Vigilância em Saúde de Imbituba, Joana Diniz, antes de adotar um animal, seja ele cão ou gato, é preciso que se tenha em mente que, a maioria, vive em média, entre 10 e 15 anos.  E que, durante esse tempo, o tutor será responsável pelo bicho de estimação.

 

“Quando você adota um animal de estimação, você é responsável por ele e poderá ser responsabilizado em caso de abandono, maus tratos, transtornos que o animal causar a outras pessoas e qualquer tipo de situação que afete o bem estar animal”, ressaltou a diretora.

 

Um cão ou gato precisa ter um espaço físico adequado para viver, de acordo com o porte físico do animal. O local deverá ser limpo e confortável. Confinar um o bicho de estimação por longos períodos também não é indicado pelos órgãos de proteção.

 

“Não se pode esquecer que você será responsável pela manutenção e preservação da saúde do animal. Você terá custos com veterinários, tratamento de saúde e de higiene para manter os seus animais saudáveis. Você terá de fornecer alimentação de boa qualidade, tosas, banhos e deverá manter o calendário de vacinação em dia. Abandonar ou maltratar animais é crime. De acordo com a Lei 9605/98, a pena para os maus tratos pode variar entre 3 meses e 1 anos de detenção e multa”, alertou a diretora em saúde.

 


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar