Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

Saúde
Equipe de saúde participa de capacitação em estomaterapia

Publicado em 11/11/2016 às 18:12 - Atualizado em 11/11/2016 às 18:14

Capacitação reuniu 41 profissionais da área de Saúde em Imbituba
Créditos: Emanuelle Querino Alves de Aviz Baixar Imagem

Oficina trouxe questões práticas sobre autocuidado de pacientes para os enfermeiros e técnicos do município

Os enfermeiros e técnicos de enfermagem da Estratégia de Saúde da Família do município participaram, na última sexta-feira (4), da oficina de capacitação “Estomas intestinais e urinários”, no Centro de Educação e Gestão em Saúde – Ceges de Imbituba.

A capacitação foi oferecida pela Secretaria Municipal de Saúde do Governo de Imbituba com o objetivo de preparar os profissionais de enfermagem para lidar com pacientes estomizados, ou seja, que possuem alguma comunicação entre órgãos internos e o meio externo devido a intervenção cirúrgica, por onde eliminam fezes e urina.

A oficina foi ministrada voluntariamente pela enfermeira Ana Cristina Rodrigues, especialista em Estomaterapia pela Faculdade Famerp, de São José do Rio Preto. Além do tratamento com os pacientes estomizados, a profissional abordou assuntos como legislação sobre estomia, identificação precoce de problemas, autocuidado, dispositivos e acessórios que auxiliam na vida destas pessoas.

De acordo com a gerente da Estratégia de Saúde da Família, Glicélia Speck, Imbituba atende hoje aproximadamente 30 pacientes com estomia. “Por isso é importante a capacitação dos nossos profissionais de saúde. Eles dão o suporte para que essas pessoas consigam criar autonomia e viver sem ajuda”, explica a enfermeira.

A orientação repassada pelos enfermeiros e técnicos deverá auxiliar os pacientes a retomarem o seu cotidiano de maneira independente, evitando até mesmo o isolamento social. “Nosso papel é fornecer informações que facilitem a adaptação à nova realidade e a reabilitação dessas pessoas”, garante.

A oficina contou com a participação de 41 profissionais de saúde do município.

 


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar